O taxista Rui Nelson de Moura Júnior, de 27 anos, torcedor do Corinthians, ficou pendurado em uma grade que separa os setores vermelho e laranja das arquibancadas do Morumbi momentos antes do início do jogo entre Corinthians e River Plate, pela Copa Libertadores, na noite desta quarta. Ele perdeu o baço e sofreu perfuração no intestino, além de um ferimento na perna.

Com os espetos da grade fincados em sua coxa esquerda, nas costas e em uma das nádegas, a Polícia Militar precisou de uma serra elétrica e de um alicate hidráulico para retirar o torcedor na situação, a cerca de 10 metros do chão.

Segundo a polícia, o torcedor, com o fêmur quebrado e sangrando, estava alterado.

Ele foi retirado por volta das 21h20, 50 minutos depois de sofrer o acidente, e encaminhado para o Hospital das Clínicas. Ele sofreu uma cirurgia, que durou cerca de 3h30. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, ele passa bem, mas precisa receber muitos cuidados ainda.

O torcedor chegou consciente ao pronto-socorro, perguntando o resultado do jogo (o Corinthians vencia por 1 a 0). Ele está sendo operado, após ter feito uma série de exames.

O capitão Natale, da PM, disse que a serra elétrica e o alicate foram necessários para o bem do torcedor.