Às vésperas das Olimpíadas no Brasil, o grupo Estado Islâmico, também conhecido como ISIS ou Daesh, lançou um canal de comunicações em língua portuguesa. O canal, chamado Nashir Português, ligado a uma agência chamada Nashir News Agency, já está no Telegram.

Isso pode indicar que os terroristas poderiam estar planejamento ações em solo brasileiro e até mesmo tentando arregimentar seguidores em países de língua portuguesa. E faz aumentar muito a preocupação entre militares e membros da comunidade de informações dos países de língua portuguesa.

Já postado no canal está um discurso com mais de 14 páginas de Abu Mu al-Adnani, principal porta-voz dos terroristas, traduzido para a língua portuguesa. A impressa européia deu grande destaque ao assunto.

Veja alguns trechos do texto: “Então ouça, ó América! Ouça, ó cruzados! Escutai, ó judeus! Nosso Senhor disse: E Na verdade, aqueles que se opõem a Allah e Seu Mensageiro estarão entre os mais humilhados. “Allah escreveu: ‘Eu certamente irei prevalecer, eu e os meus mensageiros.’ “Os muçulmanos continuarão matando-os até que os judeus se escondam atrás de pedras e árvores”. “Ouçam ó americanos, e entendam. O que você tem feito após estes 13 anos de guerra contra os mujahidin na Mesopotâmia, e o que eles têm feito? Na verdade, vocês vieram para o Iraque com dezenas, ou melhor, centenas de milhares, enquanto estávamos apenas em algumas centenas, ou melhor, dezenas, mais ou menos”… “Que eles sobrevivam como prova”, é o primeiro título traduzido em português pelo ISIS.

Um outro canal, o Nashir English, também do ISIS, já funciona ha algum tempo no Telegram e Internet. A ferramenta online cadastra adeptos de forma já conhecida pelos serviços de inteligência. Ainda que tenha sido denunciado por grupos de hackers, como o Anonymous, o canal permanece online.