O volume de cartas-consulta encaminhadas ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aumentou 150% de janeiro a agosto deste ano, em comparação a igual período do ano passado. Com isso, nos oito meses do ano, os novos pedidos de financiamento somaram R$ 55,3 bilhões, contra os R$ 22,1 bilhões de igual período de 2003.

De acordo com o BNDES, as cartas-consulta indicam a disposição do empresariado de fazer investimentos produtivos, funcionando como ?um indicativo do nível de confiança no futuro econômico do país?. Informações do banco indicam que, por outro lado, o aumento expressivo dos desembolsos se deve ao crescimento, neste ano, das liberações para as empresas de menor porte e para as exportações.

Os recursos destinados a micro, pequenas e médias empresas chegaram a R$ 7,7 bilhões nos oito meses deste ano, com incremento de 32% em relação ao mesmo período de 2003. Em 2004, o volume de liberações para o segmento já representa 35% do total desembolsado. Entre janeiro e agosto deste ano, os créditos para as exportações alcançaram US$ 2,1 bilhões, valor 57% superior ao do mesmo período de 2003. O banco esclareceu, ainda, que a maioria dos financiamentos para as exportações foi concedida pelo Programa Pré-embarque, que apóia a produção do bem a ser exportado, com índice de nacionalização de 60%, no mínimo.