Seis rapazes, com idades entre 15 e 19 anos, foram baleados por atiradores que andavam em dois carros em alta velocidade numa rua movimentada de Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre, ao amanhecer desta segunda-feira. Dois dos atingidos tiveram de ficar internados, em observação, no Hospital Cristo Redentor, de Porto Alegre. Os outros quatro foram atendidos e liberados. A polícia procura uma sétima vítima que teria sido atingida por um tiro na perna, mas não registrou a ocorrência.

Inicialmente, os atiradores alvejaram dois jovens que estavam numa parada de ônibus. Logo depois, cerca de mil metros adiante, dispararam em outros quatro que estavam diante de uma danceteria. Os três baleados que prestaram depoimento ao inspetor Adilson Silva, da 2ª Delegacia, disseram que desconhecem os motivos dos agressores.

A polícia não descarta a hipótese de que as pessoas que estavam dentro dos carros tenham atirado a esmo, mas considera mais provável que a ocorrência tenha sido motivada por briga de gangues que disputam o mesmo espaço na região ou por disputa entre grupos de traficantes de drogas. "Já estamos na pista de quatro suspeitos", revelou Silva.