Jogando muito mal, principalmente na primeira etapa, o Atlético perdeu por 3 a 1 para o São Paulo na sua última participação no Campeonato Brasileiro de 2005, esta tarde, no Morumbi. O Furacão entrou sonolento e levou um gol logo no início da partida. Aos 9 minutos, Lugano pegou um rebote do goleiro atleticano e abriu o marcador.

Mesmo após o gol o time comandado por Evaristo de Macedo não acordou e o segundo do time paulista veio aos 21 minutos. Novamente Lugano, aproveitando falha da zaga, e do goleiro Diego, que caiu lentamente, ampliou o marcador. O terceiro, ainda no primeiro tempo, não poderia ser pior. Em cobrança de falta, o goleiro Rogério Ceni foi para a cobrança e mandou no ângulo de Diego, que nada pôde fazer, aos 34 minutos

O Atlético continuou muito lento e só não levou o quarto gol ainda na primeira etapa, porque Diego fez uma importante defesa.

Segundo tempo

Na segunda etapa o Furacão voltou melhor e diminuiu o marcador logo a minuto. Ferreira chutou forte, Rogério Ceni fez importante defesa, mas no retorno a bola sobrou para o próprio colombiano que mandou para as redes de Ceni. Com o gol veio também a melhora do time, que deu a impressão que poderia até chegar ao empate, mas essa falsa impressão não durou muito e o São Paulo voltou a dominar o jogo e consegiu manter o placar de 3 a 1.

O Furacão, mesmo com a derrota, se manteve na sexta colocação, com 61 pontos ganhos e ficou com o título de melhor paranaense no Campeonato Brasileiro de 2005.