O apagão aéreo que causou atrasos nos vôos ontem e nesta quarta-feira (06) no País impediu que o menino Gabriel Machado, de 1 ano, recebesse um fígado doado. O órgão era transportado por um médico de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, para a capital. Seu vôo, marcado para as 13 horas, pousou no aeroporto da cidade apenas às 18 horas.

O menino fez todos os exames para o transplante. Contudo, a equipe médica optou por suspendê-lo porque o órgão havia sido retirado do doador há muito tempo. Segundo os médicos, Gabriel precisa passar pelo transplante em até três meses. A família do menino, que é da Bahia, terá de aguardar uma nova doação. Outro rapaz – um adolescente de 17 anos – recebeu parte do órgão em operação realizada nesta madrugada. As informações são da TV Globo.