O aumento da oferta de empregos é apontado por 56,9% dos entrevistados na pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) encomendada ao Instituto Sensus como mais importante programa a ser adotado pelo futuro governo federal. O controle da inflação é indicado por 23,7% dos eleitores como a tarefa de mais importância da próxima administração.

O levantamento, realizado de terça-feira (22) até hoje, identificou ainda que as reformas política e agrária são as duas mudanças estruturais mais esperadas pelo eleitorado. De acordo com a sondagem, 27,5% acreditam que a reforma política é o item que merece mais consideração na pauta de mudanças estruturais do próximo governo, enquanto 23,5% priorizam a reforma agrária. A reforma tributária é citada apenas por 14,1% dos 2 mil pesquisados.