A quinta etapa do Campeonato Catarinense de Automobilismo, que seria realizada neste fim de semana, na cidade de Ascurra, foi transferida para os dias 21 e 22 de maio, devido à previsão de muita chuva durante o sábado e domingo na região do Vale do Itajaí (SC). Com isso, o Automóvel Clube Aliança do Vale e a Federação de Automobilismo do Estado de Santa Catarina (FAUESC) decidiram adiar a etapa.

         Agora, os irmãos Christiano e Lucas Bornemann terão que esperar mais uma semana, para saber se as alterações feitas em seus carros surtiram os efeitos desejados para poder entrar na “briga” pelas vitórias. “O clima está dificultando, mas ainda bem que fomos avisados a tempo. Estamos com tudo pronto e é só adiar a viagem em uma semana. Fogo é administrar a ansiedade de voltar a acelerar, mas sete dias passam rápido”, disse Christiano Bornemann (WD-40/Embretech/Mundial Prime/Mecar Carburadores/NSO Borrachas). “Já estávamos com tudo pronto e seguiríamos viagem hoje para Ascurra, mas a organização nos avisou a tempo e conseguimos abortar a viagem para Ascurra. Então, terei que agüentar mais uma semana para voltar a acelerar forte meu carro de competição em pista de terra”, brincou Lucas Bornemann (WAP/Bana Pneus/Engepes/TBI Industries/Metabo/Cefec Pinhais).

– Classificação –

         Com quatro etapas realizadas, a classificação do Catarinense de Velocidade na Terra, categoria Marcas “A” é a seguinte: 1.º) Leopoldo Mees Neto e Walter Schmitz Neto (SC), 38 pontos; 2.º) Alexandre Spezia (SC), 33; 3.º) Christiano Bornemann (PR), 26; 4.º) Cláudio Rodrigues (SC), 21; 5.º) Sidnei de Borba (SC), 18 e em 6.º) Lucas Bornemann (PR), 13.