Daqui em diante, os cupês de quatro portas serão uma das grandes tendências de “design”.

E a Audi sai na frente como a primeira marca a ampliar sua oferta no segmento com o A7 Sportback, apresentado oficialmente no museu Pinakothek, na Alemanha.

Seu alvo é claro: Mercedes-Benz CLS e o futuro BMW Gran Coupé, cuja produção foi confirmada pela montadora alemã. Posicionado entre A6 e A8, o novo modelo parece um irmão maior do A5 Sportback, esbarrando suas medidas nas do sedã mais luxuoso da Audi.

Com espaço interno para quatro pessoas, o A7 tem 4,97 metros de comprimento, 1,91 m de largura, 1,42 m de altura e 2,91 m de entreeixos – proporções que mudam para 5,14 m , 1,95 m , 1,46 m e 2,99 m , respectivamente.

Assim como TT e R8, o A7 conta com aerofólio integrado, que levanta conforme o carro ganha velocidade. Apesar de não contar com a carroceria de alumínio do A8, o novo cupê usa o material em muitas partes, como portas, capô e porta traseira.

O Audi A7 se destaca por seu “design” esportivo, com teto de curvatura arredondada e uma queda acentuada na traseira. Seu interior tem o mesmo nível de requinte dos modelos como o A6 e o A8. O desenho, no entanto, é bem mais arrojado do que os outros sedãs da marca, com traços mais ousados nos painéis de porta e no console central.

Um dos destaques do Audi A7 é a tela escamoteável do sistema de navegação por satélite (GPS), que fica logo acima das saídas de ar-condicionado.

Outra novidade é o sistema MMI, que controla as principais funções do carro e utiliza serviços de notícias e outras informações fornecidas pelo Google.

Ainda há possibilidade de conectar o MMI com vários “gadgets”, como o iPad. Nas motorizações se percebe o temperamento esportivo do A7 Sportback. As opções movidas a gasolina incluem o 2.8 FSI, que desenvolve 207 cv e 28,55 mkgf de torque máximo, e a 3.0 V6 TFSI, de 306 cv.

Este segundo motor conta com compressor, que, combinado ao câmbio automático com dupla embreagem, faz o A7 acelerar de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos e atingir a velocidade final de 250 km/h , limitada eletronicamente.

A Audi ainda oferece duas versões movidas a diesel. A primeira aparição pública do A7 Sportback será no Salão de Paris, que acontecerá em setembro. Os preços do modelo iniciam em 51.650 euros na Alemanha (R$ 117 mil) e ainda não data de previsão de chegada no Brasil. Há quem afirme, que o mais novo integrante da turma dos cupês de quatro portas de luxo é muito semelhante com o cupê quatro portas da Porsche.