Perfeita combinação de tecnologia, maneabilidade com “design” e equipamentos exclusivos, o novo Audi A8 será apresentado ao mundo neste segundo semestre, primeiramente na Europa, no Salão de Paris, no dia 26 de setembro e, semanas depois, no Parque Anhembi em São Paulo, no Salão do Automóvel, de 8 a 20 de outubro.

Um autêntico top de linha, que chega redimensionando o conceito esportivo no segmento de alto luxo. Quatro foram as áreas prioritárias no desenvolvimento do novo Audi A8: “design” limpo, construção leve, dinamismo e qualidade irrepreensível.

Quatro áreas unidas em torno de um único objetivo: graciosidade. Em outras palavras, graciosidade na harmonia de linhas, na aceleração, na facilidade de manejo quem está ao volante não tem a impressão de estar dirigindo um carro grande e, finalmente, na operacionalidade, incrivelmente fácil.

Seu “design”, de superfícies amplas, contornos bem delineados e traseira saliente, dá uma idéia virtual do caráter dinâmico do novo Audi A8, o que efetivamente se expressa por seu ágil e possante motor V8 4.2 de 40 válvulas, com 335 cv de potência máxima. A transmissão é a automática Tiptronic, de seis velocidades, com opção de mudanças no volante e função Sport, que permite trocas mais rápidas.

À eficiência do motor e da transmissão se somam o baixo peso da carroceria construída inteiramente de alumínio e a inigualável performance da tração permanente nas quatro rodas, o que, mais que um diferencial, coloca o A8 numa categoria à parte no segmento de alto luxo.

Sua exclusiva suspensão a ar, com três estágios de regulagem, reduz as oscilações da carroceria ao mesmo tempo em que otimiza a aderência e o conforto durante uma viagem. O condutor pode escolher entre uma posição francamente esportiva e outra, mais confortável.

O A8 é um carro para o verdadeiro aficionado da direção, e não apenas por sua extraordinária dirigibilidade. No luxuoso interior, com o Multi Media Interface (MMI), oferece ao condutor maneira inusitada e pioneira de interagir com sua tecnologia. Trata-se de um conceito de tal ordem lógico e ergonômico que torna o carro extremamente fácil de operar, propiciando máxima concentração no trânsito e, afinal, no prazer incomum de estar ao volante do novo A8.