A terceira etapa, em rodada dupla, do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra 2010 foi realizada com sucesso neste fim de semana, no Autódromo de São José dos Pinhais, organizada pela AGV Promotora de Eventos, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo e Federação Paranaense de Automobilismo.

Os vencedores por categoria foram: Cláudio Harmuch e Saulo Marafon (Fusca Cross), Amaro Lenfers e Jair Messias (Mini Fórmula Tubular “A”), Maicon Oliveira (Mini Fórmula Tubular “B”), Stive Tokarski (Turismo 1600), e na Meneguel Mello e Ricardo Basso (Fórmula Tubular “I”).

Fusca Cross

Apesar de poucos carros (sete) a categoria Fusca Cross teve duas baterias muito disputadas. Largando na frente na primeira prova, Cláudio Harmuch impôs seu bom ritmo de corrida e venceu a primeira prova depois de bons pegas, completando as 18 voltas da prova no tempo de 18min43s383, seguido de Saulo Marafon, a 1s227, Rogério Melani, a 6s219 e em quarto Valmir Marafon, a 12s488.

A prova foi marcada pela “tocada” forte de Rogério Melani (Rancho Brasil/Adega Brasil/Churrascaria La Ventura/Akustiko Bar), que na largada caiu para a última posição e em grande corrida de recuperação, concluiu a prova em terceiro lugar.

Na segunda prova, Cláudio Harmuch largou na pole, mas com problemas de rendimento em seu carro, perdeu a liderança na primeira volta para Saulo Marafon, caindo para a quarta posição no decorrer prova.

Ao fim de 18 voltas, a vitória foi de Saulo Marafon, com o tempo de prova de 18min27s226, com Rogério Melani em segundo, a 2s059, e, Valmir marafon em terceiro, a 9s700. Pontuação final: 1.º) Saulo Marafon, 20 pontos; 2.º) Cláudio Harmuch, 18; e 3.º) Rogério Melani, 17.

Turismo 1600

Christiano Bornemann.

O curitibano Stive Tokarski marcou as duas poles na Turismo 1600. Na primeira prova, venceu Stive Tokarski, completando as 18 voltas de prova no tempo de 18min35s145, seguido de Christiano Bornemann (WD-40/Embretech/Mundial Prime), a 3s788, Henry José Bot, a 10s962, Gedson Gonçalves, a 21s790, Marluceli Soares, a 22s368, e em sexto lugar, Wilson Kavilhuka, a 32s406.

Com rendimento baixo do carro com pista seca, o curitibano Christiano Bornemann largou a segunda prova da 4.ª posição e levou no braço a disputa, conquistando ainda a terceira posição e mantendo a liderança do Campeonato Brasileiro de Terra.

A vitória foi novamente de Stive Tokarski, completando as 18 voltas no tempo de 17min53s779, com Amauri Lisboa Jr em segundo, a 3s791, e, Christiano Bornemann em terceiro, a 8s671. A quarta e próxima etapa será realizada nos dias 15, 16 e 17 de outubro, em Cordeirópolis (SP).