A sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross foi marcada por grandes emoções e fortes disputas nas quatro provas disputadas no motódromo Wilson Yasuda, em Cachoeiro de Itapemirim, ES.

Wellington Garcia saiu como bicampeão Brasileiro nas categorias MX1 e MX2 e Marcos Roza é o novo campeão na CRF230.

Entretanto, Wellington Garcia é campeão legítimo na MX2, mas, na MX1, o título será decidido judicialmente. Na última quarta-feira, 12 de agosto, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro derrubou uma liminar que permitia a alguns pilotos, como o então vice-líder João Paulino Marronzinho, a utilizar pneus diferentes dos especificados no regulamento.

Com a queda da liminar, esses pilotos perderam os pontos conquistados nas provas em que correram com outros pneus. Como ainda cabe recurso, os competidores penalizados ainda podem recorrer da decisão, o que adia a confirmação do título da MX1.