Xsara Picasso 2003 vem com as
maçanetas na cor do carro.

Com pequenas alterações, a Citroën está lançando no mercado o Xsara Picasso modelo 2003, veículo que conquistou a liderança absoluta no segmento dos monovolumes. “Em time que está ganhando não se mexe e as mudanças do Xsara Picasso acontecem em detalhes que reforçam ainda mais o seu visual extremamente moderno”, diz Nívea Morato, diretora de Marketing da Citroën do Brasil.

O monovolume ganhou maçanetas pintadas na cor da carroçaria e o módulo central do painel de instrumentos com acabamento metalizado na cor prata, além dos dois bancos laterais traseiros deslizantes para a versão top de linha (Exclusive).

Com “design” avançado, amplo espaço interno para passageiros e bagagens, motor 2.0i 16V com 118 cv de potência e 19,8 kgm de torque, e uma extensa lista de equipamentos – o modelo traz de série quatro “air bags”, ar-condicionado duplo para os ocupantes dos bancos dianteiros e traseiro (único na categoria), computador de bordo, painel digital, retrovisores externos com comando elétrico e dez compartimentos porta-objetos, entre outros. Duas das alterações do modelo 2003 do Xsara Picasso são detalhes visuais, mas os bancos traseiros laterais deslizantes contribuem para ampliar o padrão de conforto dos passageiros e melhorar a arrumação da bagagem com a mudança do “layout” do porta-malas.

Disponíveis apenas para a versão Exclusive, os bancos deslizam individualmente por trilhos de 20 cm em diversas configurações ou podem simplesmente ser retirados sem muito esforço. “Sem os bancos traseiros acrescenta Nívea – o espaço para bagagem no Xsara Picasso sobe de 550 para 2.128 litros (até o teto). O banco central traseiro, quando rebatido, transforma-se em prática mesinha com porta-copos.

Mudança de alíquota

O Xsara Picasso acaba de ter seu preço reduzido em R$ 2 mil como conseqüência das mudanças de alíquota do IPI para os carros médios. Com o imposto reduzido de 25% para 16%, o Xsara Picasso ganha ainda maior competitividade num segmento onde detém a liderança absoluta de vendas.

No acumulado deste ano até julho, o Xsara Picasso registrou 8.406 unidades, com um crescimento de 261% sobre o mesmo período do ano anterior lançamento público em maio de 2001 e uma participação no segmento superior a 30%. Com esse desempenho, o Xsara Picasso contribuiu para o crescimento das vendas totais da marca este ano para 12.580 unidades contra 7.457 de janeiro a julho de 2001, isto é, mais 68.7%.