O tradicional Salão de Genebra, na Suíça, vai até o dia 16, exibindo novidades que cairiam bem em solo brasileiro. Porém, eles não devem pintar tão cedo por aqui, isso se um dia chegarem. O jeito é olhar por fotos e torcer para que o mercado cada vez mais globalizado decida colocá-los na rota do nosso consumidor, como vem acontecendo com mais frequência nos últimos anos. Por isso, trazemos alguns dos lançamentos da feira europeia que mais têm cara de Brasil.

Citroën C1

A segunda geração do Citroën C1 será uma das estrelas na feira suíça. Por fora, o destaque fica para o conjunto de faróis, duplo, com formatos diferentes entre si. Entre as opções de motores, está o 1.2, de três cilindros, que rende 82 cv. Uma das novidades é o teto solar, que permite uma grande espaço para a entrada de luz. O compacto dispõe de câmera de ré, auxílio em subidas, acesso sem chave, bancos aquecidos e ar digital.

Peugeot 308 SW

Infelizmente o modelo vai demorar para chegar ao mercado nacional, já que o nosso 308 está uma geração atrasada em relação ao modelo europeu. A station wagon se diferencia do hatch pela traseira alongada e seu generoso porta-malas de 610 litros de capacidade. A motorização é conhecida dos brasileiros: o THP 1.6 (da parceria com a BMW), que rende até 165 cv.

Peugeot 108

Outro Peugeot com chances remotas de vir é o 108, que estreia em Genebra substituindo o 107. A marca francesa promete que o city car será um dos mais leves e eficientes quando chegar ao mercado em julho e vai rivalizar com o novo Twingo. Destaque para a central multimídia com tela de 7 e o ar-condicionado digital. O motor pode ser 1.0 (69 cv) ou 1.2 (82 cv), ambos de três cilindros.

Fiat Panda Cross

O hatch ganha apelo off-road: tração integral, coberturas no para-choques e para-lamas, pneus de uso misto e suspensão elevada. Serão duas opções de motor: 1.3 a diesel de 80 cv e a outra o 1.0 turbo a gasolina, de 89 cv. O carro contará com controle de estabilidade eletrônico e ELD, diferencial de bloqueio eletrônico similar ao sistema Locker da Adventure brasileira.

VW Golf GTE

A nova versão GTE, variante híbrida plug-in, completa a gama do Golf 7 na Europa. O hatch será movido pelo bloco 1.4 turbo, de 148 cv, com auxílio do propulsor elétrico, de 101 cv. Combinados, a potência total alcança 204 cv com 35,6 kgfm de torque. O zero a 100 km/h é cumprido em 7,6 segundos, com 217 km/h de velocidade máxima. Segundo a VW, o híbrido faz 55 km/l.

VW Scirocco

O cupê esportivo Scirocco já flertou algumas vezes com o Brasil, mas a VW nunca levou adiante essa ideia, embora seja um carro com bom potencial de vendas (basta ver o sucesso do novo Golf GTI). A quarta geração do carro será apresentada em Genebra. Destaque para os faróis em LED e para o capô e para-choques redesenhados. A potência dos motores TSI varia de 125 cv a 280 cv.

Ford Focus

A terceira geração, lançada na Europa em 2011 e no Brasil em outubro passado, ganha uma reestilização, seguindo o padrão da grade dianteira de outros modelos da marca como New Fiesta e Fusion. Não há previsão para a alteração chegar ao Brasil. A Ford estreia o motor 1.5 turbo a gasolina com opção de 150 ou 180 cv ou o turbodiesel também 1.5 com 95 ou 120 cv.