Candidata a ser umas das estrelas do Salão de São Paulo 2018, a picape Tarok foi revelada pela Volkswagen sob a forma de conceito. O visual já está muito próximo ao da versão final que chegará às ruas em breve , segundo a marca .

Com traços do SUV compacto T-Cross, outra estrela da VW na mostra paulista, a picape intermediária promete ser uma rival de peso para a Fiat Toro, que hoje domina a categoria sem ser incomodada – a outra representante é a Renault Oroch.

VW-Tarok-6

A Tarok usará a multiplataforma MQB, especificamente a variante menor MQB A0, a mesma do Polo, Virtus e T-Cross. Terá cabine dupla e ficará posicionado entre Saveiro e Amarok.

Terá porte e dimensões semelhantes ao concorrente, com 4,91 m de comprimento e 2,99 m de entre-eixos – mesmos números da Toro.

Flagra! Vídeo de Chevette dos ‘Flingstones’ bomba nas redes sociais

A caçamba virá com capacidade de carga de 1 tonelada e trará uma inovação para o segmento: o painel atrás dos bancos traseiros é rebatível, o que amplia a área de carga e cria um piso plano para levar bagagens compridas, como um caiaque, por exemplo.

VW-Tarok-4

A tampa do compartimento também possui um sistema de amortecimento com mola a gás que facilita o abrir e fechar, sem que haja qualquer esforço maior.

O conceito vem equipado com o motor 1.4 TSI, de 150 cv e 25,5 kgfm, do T-Cross e Golf, associado ao câmbio automático de seis velocidade e tração 4×4.

Um botão giratório, posicionado atrás da transmissão, controla as funções da tração 4Motion e os quatro modos de condução (Rua, Neve, Off road e Off road Individual).

VW-Tarok-3

A expectativa é que a picape venha também com a opção  2.0 turbodiesel, de 180 cv e 42,8 kgfm, presente na Amarok.

Visualmente, a Tarok exibe semelhanças com o T-Cross nas lanternas, com a mesma barra iluminada cortando toda a tampa do porta-malas.

Leia mais! Ford vai na onda e prepara versão SUV do clássico Mustang

Já o desenho frontal é inédito dentro da marca e, no caso do protótipo, tem os faróis e a grade frontal com iluminação em led.

VW-Tarok-1

Por dentro, o SUV compacto empresta o desenho do painel, o quadro de instrumentos 100% digital e a central multimídia de 8 polegadas.

A Volks trata a novidade como uma combinação de conteúdo de um SUV urbano com a versatilidade de uma picape, tal qual a Fiat definiu a Toro à época do lançamento. Ela será um produto global, mas com o desenvolvido feito no Brasil.

VW-Tarok-2

O nome Tarok é uma fusão de Tarek, o futuro SUV médio, e Amarok. Mas para não confundir com o primeiro, deve mudar de nome quando estrear.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Vídeo de Chevette ‘dos Flintstones’ bomba nas redes sociais