O piloto curitibano Marcos Ramos (Total Lubrificantes/Grupo Le Lac/Biroska), vai em busca de dois pódios no fim de semana (19 e 20/11), na oitava e última etapa da Copa Pinhais de Marcas e Pilotos 2011, na categoria Marcas “A”, que será disputada no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), em Pinhais (PR). Correndo pela Equipe WCR, Marquinhos Ramos não teve muita sorte na sétima etapa, mas quer pontuar bem nas duas provas.

No treino classificatório da sétima etapa, realizado no sábado (1.º/10), o carro de Marcos Ramos marcou o sexto tempo, em 1min42s144. Na largada para a primeira prova, Marcos Ramos chegou a estar na quarta posição, mas um pneu furado fez com que o piloto parasse nos boxes para efetuar a troca, perdendo muito tempo, mesmo assim, concluiu a prova em décimo lugar. Na segunda prova, durante a primeira volta o carro de Marcos Ramos teve problemas com o motor e acabou indo para os boxes. A equipe detectou que era quebra e o piloto abandonou a corrida.

“São coisas de corrida, um pneu furado e a quebra de motor me tiraram as chances de brigar pela vitória na etapa passada. Mas neste fim de semana, como Peugeot 207 totalmente revisado, vou em busca de dois pódios na categoria Marcas A, para encerrar bem a temporada 2011. Realizamos alguns testes no intervalo das etapas e o carro se mostrou rápido e se tudo correr bem, podemos até quem sabe brigar pela vitória e com isso, melhorar a nossa posição na classificação do campeonato”, concluiu Marcos Ramos. Os patrocinadores de Marcos Ramos são: Grupo Le Lac, Total Lubrificantes, Nagazaua Tintas, Biroska, Café Trentino, Autoplast Motores e Designs Comunicação Visual.

– Classificação –

Com sete etapas realizadas e quatorze corridas disputadas, a classificação da Copa Pinhais de Marcas e Pilotos 2011, na categoria Marcas “A” é a seguinte:1.º) Felipe Lobo (SC), 234 pontos; 2.º) Marcel Rodrigues (SC), 204,5; 3.º) Valmor Emílio Weiss (PR), 180,5; 4.º) James Ramos (SC), 156; 5.º) Davi Dal Pizzol (SC), 127; 6.º) Pierre Sabbagh (SC), 111; 7.º) Marcos Ramos (PR), 110; e em 8.º) Michel Giusti (SC), 107 pontos ganhos.