Meta é vender todos os
caminhões neste fim de semana.

A Divesa Caminhões, aproveitando a experiência de mais de 35 anos no mercado curitibano, estará promovendo neste fim de semana (18 e 19/10), um megafeirão de caminhões nas dependências de sua matriz no trevo do Atuba. São mais de 150 veículos “zero” km 2003/2003, de diversos modelos e cores, que estarão disponíveis à pronta-entrega.

“Como nos feirões anteriores, nosso objetivo é reunir o maior estoque possível, para facilitar a escolha do cliente por modelos e cores, permitindo inclusive, o esclarecimento de qualquer dúvida em relação às características técnicas de uso e aplicação. Fechamos ótimas parcerias com os bancos, onde conseguimos linhas de créditos especiais, as melhores do mercado”, declarou Alexandre Frare, diretor da Divesa Caminhões.

No local, estará montada uma estrutura de circo, com diversas brincadeiras para as crianças, barracas de alimentação e refrigerantes, para deixar os clientes à vontade, como se estivessem em casa. No feirão anterior, realizado em agosto, foram distribuídos milhares de bonés da Mercedes-Benz e chapéus da Divesa. Devido o sucesso de público e vendas desse evento, foi decidido que haveria no mínimo mais um megafeirão ainda este ano.

“É importante em uma empresa com o porte da Divesa, fazer eventos dessa natureza. Temos contatos com inúmeros caminhoneiros autônomos que nos cobram promoções desse nível, oferecendo-lhes as mais variadas possibilidades de compra. Temos vendido muito bem a cada feirão, o que nos mostra que estamos no caminho certo. Utilizamos a experiência adquirida em mais de 35 anos vendendo de caminhões Mercedes-Benz, para passarmos aos nossos clientes produtos e serviços com qualidade”, argumentou Rubens Vicente Bortoloto, gerente de Veículos Novos.

O departamento de veículos seminovos e usados estará de plantão, não só para a venda, mas também para avaliar caminhões que poderão ser negociados e, de acordo com o gerente de vendas Santana, com os melhores preços do mercado. A Divesa é a maior revenda de caminhões Mercedes-Benz do Sul do Brasil. Só de janeiro à outubro de 2003, já vendeu cerca de 600 veículos, e a meta da empresa é superar a marca de 2002, que contabilizou 644 veículos naquele ano.