Especialmente para a Ferrari, a Fiat vai produzir 200 unidades do pequenino 500.

Os modelos serão oferecidos exclusivamente nos concessionários da marca de esportivos de toda a Europa.

Não espere, porém, o cavalinho rampante característico dos carros de Maranello, tampouco um motor mais potente.

Tendo por base a versão Sport, o 500 Ferrari mantém o símbolo da Fiat no capô. Seu motor é um 1.4 16V de 100 cv (cavalos) de potência, associado a uma caixa manual de seis velocidades. No entanto, além da cor vermelha, alguns componentes foram modificados para agradar aqueles que costumam andar de Ferrari.

O primeiro deles é o sistema de escapamento, que conseguiu deixar o 500 com um ronco mais esportivo.

O compacto também ganhou faróis de neblina, rodas de 16 polegadas, calçadas em pneus 195/45 e com detalhes em vermelho, cor também usada nas pinças de freio.

No interior, o seu painel tem uma faixa na mesma cor da carroceria e uma plaqueta numerada Limited Edition.

E ainda conta com ar-condicionado de duas zonas, teto solar elétrico, sistema de áudio de alta fidelidade, revestimento em couro dos bancos, portas e volante, este com costuras vermelhas e pedais de alumínio. A única cor disponível será o vermelho (e não poderia ser diferente) e serão produzidos apenas duzentos exemplares da nova série.