Finalmente, o Hyundai Genesis chega ao Brasil. O luxuoso sedã da montadora sul-coreana foi apresentado para a imprensa brasileira em dezembro de 2010, com lançamento prometido para o segundo semestre de 2011, o que não aconteceu. Porém, na primeira semana de fevereiro a Hyundai divulgou por intermédio de anúncio em jornal paulista, a chegada do sedã Genesis ao País, especificar a data.

Estranho, mas revendedores da marca informam que o sedã está sendo comercializado por aqui, em versão única, com preço de R$ 220 mil. Em 2010, na época do lançamento, a Hyundai estimou que o modelo iria custar cerca de R$ 150 mil. Por enquanto, não há exemplares expostos nas concessionárias, mas reservas estão sendo feitas mediante um sinal de 10% do valor do carro.    

De acordo com vendedor da marca que preferiu não se identificar, cerca de 70 exemplares do Genesis estão no Brasil, na unidade industrial de Anápolis, aguardando serem enviados para as concessionárias da Hyundai em todo o País. “Acredito que em cerca de 30 dias faremos as primeiras entregas para os clientes”, adiantou o vendedor, dizendo que o sedã somente será oferecido nas cores preto, prata e branca.

Sob o capô, o Genesis abriga um motor de 3.8 litros a gasolina, com 290 cavalos de potência. Com esse conjunto, o sedã produz 36,5 kgfm de torque a 3.500 rpm. A transmissão é automática de oito marchas. No mesmo anúncio publicitário no jornal, a Hyundai também faz menção à chegada de outro sedã: o Equus. Informam revendedores da marca, que ainda não há previsão para o início das vendas do modelo.

A lista de mimos é extensa: teto solar laminado acústico, sensor de estacionamento traseiro, coluna de direção, revestimento interno em couro, bancos elétricos reclináveis, volante com aquecimento revestido em madeira, suspensão pneumática, direção elétrico, sensor de chuva, painel com tela LCD, assentos ventilados, faróis de xenon, entre outros.

Interessante, é que se olharmos atentamente a foto, o Hyundai Genesis não traz o conhecido logo da fabricante sul-coreana na grade. O logo da marca está presente na parte de trás do carro, ao centro da tampa traseira. Será uma estratégia de “marketing”? Seu preço nas concessionárias é de R$ 220 mil, ou seja, R$ 70 mil a mais do que o previsto na primeira apresentação, em 2010.