O piloto curitibano Wagner Ebrahim (Alfacell Pilhas) participou neste domingo (28/8), da segunda corrida da sexta etapa do Itaipava GT3 Brasil 2011, disputada no Autódromo Internacional de Interlagos, em São Paulo (SP), com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e apoio da Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP). O paranaense largou da quinta posição e abandonou a corrida na 24.ª volta, com problemas de superaquecimento do motor de seu Dodge Viper.

         No treino classificatório da segunda corrida, o piloto Wagner Ebrahim (Alfacell Pilhas), colocou o seu Dodge Viper Competition Coupé na quinta posição do grid, com o tempo de 1min39s336, mesmo tendo problemas com os pneus Pirelli, que não rendiam bem. Na largada, Wagner Ebrahim (Viper n.º 20), manteve a posição e passou imprimir seu ritmo de corrida, tentando melhorar a cada volta completada. Mas o carro começou a superaquecer e o piloto teve que diminuir o ritmo para continuar na prova.

Mas com 24 voltas completadas, Wagner Ebrahim preferiu abandonar a corrida, do que estourar o motor do seu Viper, pois a sétima etapa acontece daqui a apenas duas semanas, no Rio de Janeiro. “Ontem o carro estava muito bom e consegui fazer uma ótima corrida de recuperação, saindo da 11.ª para a 4.ª posição. Hoje, quando larguei mais à frente, não consegui concluir a prova. Mas, preferi abandonar a corrida do que estourar totalmente o motor, porque temos apenas duas semanas para nos preparar para a sétima etapa em Jacarepaguá. Lá, estaremos com os pneus Michelin e certamente brigaremos pela vitória”, disse Wagner Ebrahim.

– Resultado final –

Ao fim de 29 voltas, a vitória foi de Valdeno Brito/Matheus Stumpf (PB/RS), com tempo de prova de 51min22s584, seguido de Marcelo Hahn/Allan Khodair (SP), a 16s227, Rafael Derani/Cláudio Ricci (SP/RS), a 41s446, B. Garfinkel/Ricardo Maurício (SP), a 42s846, Pedro Queirolo (SP), a 43s421, e em sexto lugar, Cléber Faria (SP), a 46s392. A sétima etapa do Itaipava GT3 Brasil está marcada para os dias 10 e 11 de setembro, no Rio de Janeiro.