Nesta quinta-feira (8 de março), a Honda Automóveis do Brasil reúne no Autódromo Internacional de Interlagos a imprensa automotiva brasileira, para apresentação oficial do New Civic Si, versão esportiva do New Civic que utiliza toda a experiência dos circuitos de corrida na linha de montagem e que foi uma das atrações da montadora no Salão do Automóvel 2006.

Dando continuidade à tradição de desenvolver novas tecnologias nas pistas de competição e incorporá-las a seus modelos de rua, a Honda afirma que o New Civic Si equipado com motor 2.0 16V de 192 cv a 7.800 rpm e transmissão manual de seis marchas, é o carro nacional mais potente do mercado. Sem necessidade do auxílio de compressores ou turbinas, o que demonstra o excelente nível de tecnologia alcançado pelos engenheiros da Honda, a unidade com sistema i-VTEC de abertura variável do comando de válvulas chega à impressionante marca de 8.000 rpm de rotação máxima, com torque de 18,8 kgfm a 6.100 rpm.

Para utilizar toda essa potência de forma eficiente, o New Civic Si conta com diferencial de escorregamento limitado, o LSD (Limited Slip Differential), que dosa a transmissão de potência para as rodas, não permitindo a perda de controle em acelerações mais fortes. Mas sem descuidar da segurança, a Honda equipou o esportivo com duplo "airbag" dianteiro, além do controle de estabilidade VSA (Vehicle Stability Assist). Os freios antitravamento ABS com EBD, sistema que distribui de forma ideal a força de frenagem nas quatro rodas, passam a contar agora com discos dianteiros maiores: 16" contra os de 14" da versão de 140 cv. Os discos traseiros permanecem com 14".

Em seu interior, o motorista conta com elementos diretamente ligados às máquinas de competição, como o painel com iluminação vermelha e "shift light", que orienta o momento ideal para a troca de marchas, os bancos "concha" para acomodar melhor o corpo em curvas mais velozes, e as pedaleiras de alumínio, que conferem maior precisão no uso dos pedais.

Além das rodas de 17", pneus 215/45, o aerofólio traseiro e o "kit" aerodinâmico refletem o fantástico desempenho e a vocação esportiva característica da Honda.

As suspensões foram redimensionadas para a condução esportiva, além da inclusão do sistema de direção eletricamente assistido EPS (Electric Power Steering), que permite controle mais preciso da direção, especialmente em altas velocidades e curvas, além do menor consumo de potência do motor. Disponível nas cores Vermelho Rally Sólido, Preto Nighthawk Perolizado e Prata Global Metálico, o modelo está sendo fabricado na Unidade da Honda em Sumaré (SP). (BN)