Sem fazer muito alarde, a Honda vem implantando em sua rede de concessionárias o programa Serviço Expresso.

Hoje, cerca de 160 revendas aderiram ao projeto. A previsão é que até o fim do ano sejam instalados mais de 500 “boxes” para atendimentos rápidos em todo o País.

Diferencial do Serviço Expresso da Honda: é que os reparos devem ser feitos em apenas uma hora. Independente da oficina tradicional, o “box” tem “layout” diferenciado e estará disponível para serviços “just in time”: troca de óleo, filtro de ar, ajuste e lubrificação da corrente, substituição de pastilhas e sapata de freio, cabos, velas e lâmpadas.

Ou seja, o programa é ideal para aqueles que usam a moto como ferramenta de trabalho ou meio de transporte e não pode perder um minuto sequer. Outro objetivo do programa é desmistificar que os serviços básicos realizados nas concessionárias são caros.

De acordo com Alfredo Guedes Jr., engenheiro da Honda, o motociclista quer qualidade no atendimento aliado a um preço justo. “É isso que estamos oferecendo. Outro diferencial é que o consumidor poderá acompanhar todo o trabalho, ali, ao lado de sua moto. Só o serviço autorizado será executado pelos mecânicos da Honda”, explica o engenheiro.

O valor da mão-de-obra será diferenciado, uma vez que todas as peças estão na mão. “E se o óleo do motor for completado será cobrada apenas a quantidade utilizada”, completa Alfredo Guedes Jr. Outro importante propósito deste serviço de pós-venda é atrair mais consumidores para as concessionárias Honda.

O programa deve gerar também novos negócios – vendas de motos novas e usadas -, comercialização de peças e acessórios no “showroom” e agendamento de revisões. Ou seja, maior identificação e fidelização da marca para ampliar a cultura motociclística no País.