Honda quer vender 23 mil
C100 Biz+ em 2002.

A Moto Honda da Amazônia está lançando mais uma opção moderna para o consumidor que procura uma motocicleta ideal para a locomoção no dia-a-dia e para o lazer. Com visual “fashion” e estilo esportivo, dotada de atributos como fácil dirigibilidade, economia e praticidade, a nova Honda C100 Biz+ vem ampliar a gama de versões da consagrada C100 Biz.

Com previsão inicial de vendas de 23 mil unidades neste ano, a C100 Biz+ chega ao mercado para conquistar tanto os iniciantes no mundo das duas rodas quanto os consumidores experientes, que valorizam versatilidade, robustez e baixo custo de manutenção. As rodas de liga leve em alumínio com três grandes raios – 17″ na dianteira e 14″ na traseira – transmitem esportividade e sofisticação.

Um dos grandes destaques da C100 Biz+ – encontrado também nas demais versões – é a nova posição do indicador de nível de combustível, que passou do compartimento sob o banco para o painel de instrumentos. Por ser muito econômica, o tanque de combustível, com capacidade para quatro litros, proporciona grande autonomia.

A nova versão está disponível com partida elétrica e também é equipada com câmbio semi-automático e rotativo, que dispensa o acionamento manual da embreagem e simplifica a troca de marchas, garantindo um engate preciso a cada mudança. O câmbio de quatro velocidades com sistema rotativo permite ao condutor passar da quarta marcha ao neutro com o veículo parado, facilitando a condução principalmente aos motociclistas iniciantes. Outro item de grande utilidade é a bateria selada, que não exige manutenção.

A C100 Biz+ vem equipada com o resistente motor de 97,1 cc, OHC (Over Head Camshaft), com comando de válvulas no cabeçote, monocilíndrico, de quatro tempos, que desenvolve potência de 7,6 cv a 8.000 rpm e torque de 0,8 kgf.m a 6.000 rpm. Os freios são a tambor de grande diâmetro, proporcionando frenagens progressivas e seguras.

O “design” moderno da C100 Biz+ proporciona fácil acesso ao assento, transmitindo uma sensação de conforto e praticidade ao motociclista. O piloto dirige sentado e não montado como na maioria dos veículos de duas rodas.

A nova versão vem ampliar o sucesso da C100 Biz, lançada em 1998, e que desde então se tornou a segunda motocicleta mais vendida no mercado nacional, atrás somente da CG 125 Titan. O preço público sugerido da C 100 Biz+ é de R$ 3.890,00, base Estado de São Paulo (não inclusas despesas com óleo, frete e seguro.