A Jaguar, marca britânica de veículos de luxo, escolheu o Salão de Detroit (EUA), para apresentar o XF-R. A versão mais esportiva do sedã inglês chega para “brigar” com rivais como o Audi RS6, BMW M5 e as Mercedes-Benz E e CLS 63 AMG.

A montadora inglesa também exibe no Salão, o XKR 2010, modelo Racing do XK. Os veículos são equipados com motores V8 de 5.0 litros e 510 cv de potência. Para isso, o modelo incorpora um motor 5.0 V8 (oito cilindros, em “V”) com tecnologia Supercharged, 625 Nm, equipado com compressor volumétrico.

O resultado é uma potência de 501 cv (cavalos) e 63,7 kgfm de torque máximo, transferidos às rodas por meio de um câmbio automático de seis marchas. O XF-R, de acordo com a Jaguar, acelera de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos e tem consumo médio de 8 km/l.

O visual do XF-R foi incrementado com novas rodas de 20 polegadas, capô com saídas de ar e pára-choque com entradas de ar maiores e tela metálica. As laterais trazem saias inferiores e, a traseira, um novo aerofólio e dois pares de saídas de escapamento.

Seu interior mantém o padrão Jaguar, com mistura de alumínio, madeira e couro. A insígnia “R” está presente no volante e na tampa do porta-luvas. Os bancos são esportivos e têm revestimento mais macio.

Tanto o XFR como o XKR são sucessores de grandes veículos que também herdaram a denominação R como a linha XK120, D-Type e XJR-12, modelos de grande sucesso nas décadas de 50, 60 e 80, consagrados após vencer sete vezes às 24 Horas de Le Mans, tradicional competição de carros de turismo que acontece desde 1923. A linha XFR e o modelo 2010 do XKR ainda não têm previsão de comercialização no mercado brasileiro.