Para ampliar sua oferta de produtos, a Lande Rover agora traz para o Brasil a versão diesel do Freelander 2, equipada com o motor SD4, de 2.2 litros, 190 cv e torque de 42,8 kgfm, que está a disposição do consumidor nas concessionárias da marca britânica.

A transmissão é automática, de seis velocidades. Com tanque de combustível com capacidade para 68 litros, o Freelander 2 com motor a diesel tem, de acordo com a montadora  britânica, autonomia de 970 quilômetros, e consumo combinado (cidade / estrada) é de 14,3 km/l.

Seu “design” agrega as novidades da linha 2011, como novos renovados conjuntos ópticos dianteiro e traseiro, pára-choque e grade dianteira redesenhados, além das rodas de liga leve de 17, 18 ou 19 polegadas.

As dimensões são as mesmas da configuração a gasolina: 4,50 m de comprimento; 2,66 m de distância entreeixos; e 1,74 m de altura. O porta-malas tem capacidade para 755 litros.

De série traz direção hidráulica, ar-condicionado digital, sistema “Terrain Response” (adapta o veículo – tração, motor e câmbio – para diversos tipos de piso), controles de estabilidade, tração, controle de descida, estabilidade de rolagem de carroceria, 9 “airbags” (inclusive de joelhos para o motorista), entre outros. O freio com ABS (antitravamento) tem tecnologia que recarrega a bateria, reaproveitando a energia cinética. A versão topo de linha HSE vem ainda com GPS e teto solar panorâmico.

A nova versão do utilitário está disponível nas concessionárias em três opções de acabamento: S (R$ 129.900 mil), SE (R$ 147.900 mil) e HSE (R$ 172.900 mil). Com a chegada da opção a diesel do Freelander 2, a Land Rover espera aumentar as vendas do modelo em 2011.