Está chegando do México para as revendas da marca em nosso País, a linha 2011 do Nissan Sentra bem mais equipada que a versão anterior.

As principais novidades do sedã produzido no México são: computador de bordo, sistema de áudio MP3 com seis alto-falantes e conexão de iPod para a versão de entrada 2.0 e câmera auxiliar traseira na topo de linha SL. O preço sugerido da versão de entrada começa em R$ 54.990. Além dos itens acima, o Sentra 2.0 2011 também vem equipado com direção com assistência elétrica, ar-condicionado, vidros, travas e retrovisores com acionamento elétrico, “airbag” duplo, freios ABS (antitravamento), entre outros.

Além do câmbio manual de seis marchas, há a opção XTronic CVT, que faz o preço subir para R$ 59.790. Na versão intermediária 2.0 o Sentra vem equipado com câmbio XTronic CVT, rodas de alumínio, controles de som no volante, banco traseiro bipartido, divisória removível no porta-malas, luzes de leitura, volante revestido em couro e faróis de neblina. Seu preço foi reduzido em R$ 1.700 na linha 2011 e agora é de R$ 63.290.

Outro detalhe. As imagens captadas pela câmera traseira do Sentra 2.0 SL são projetadas no console central numa tela de 4,3 polegadas. A versão topo agrega “airbags” laterais, teto solar, revestimento interno em couro, sistema de áudio Rockford Fosgate e sensor de farol.

Como no Sentra S, seu preço caiu R$ 1.700 e passou a R$ 71.290. As três versões usam o mesmo motor 2.0 Flex, que desenvolve 143 cavalos tanto com gasolina como com etanol.

Reconhecido pelo mercado como um dos melhores custo-benefício do segmento, o Nissan Sentra Flex tem preço muito atraente em relação aos concorrentes diretos. Presente no Brasil há 10 anos, a Nissan mantém um parque fabril em São José dos Pinhais , onde produz atualmente a nova geração da picape Frontier e os modelos da família do monovolume Livina – Livina, Grand Livina e X-Gear.