A M-Benz está lançando sua nova linha de caminhões Atego, formada pelos modelos médios e semipesados, 4×2, da marca Mercedes-Benz, com uma cabina completamente nova e moderna e com a maior plataforma de carga desses segmentos. Após atualizar e inovar sua linha de caminhões leves, com o lançamento do caminhão Accelo, em maio do ano passado, a montadora está agora trazendo para o mercado de médios e semipesados uma linha inédita de caminhões.

Os cinco novos caminhões da linha Atego são os modelos 1315, 1418, 1518, 1718 e 1725, que incorporam o conceito de produtos mundiais da marca. Os veículos estão sendo comercializados em Curitiba, pela Divesa e demais revendedores e fazem parte da nova linha Atego, produzida pela DaimlerChrysler AG, na Alemanha, que será apresentada no mercado Europeu, durante o Salão de Hannover deste ano.

Desenvolvida para gerar soluções em aplicações urbanas e rodoviárias de curtas e médias distâncias, a nova linha Atego oferece o mesmo nível tecnológico encontrado nos produtos Mercedes-Benz na Europa. Os produtos foram projetados e testados para as severas exigências do transporte brasileiro, com capacidade da marca em disponibilizar rapidamente no País e no mercado latino-americano os mais avançados e modernos veículos.

A linha Atego revoluciona a gama de caminhões da marca, aumentando a oferta de produtos em comparação à linha anterior. De acordo com Rubens Bortoloto (Gerente Comercial da Divesa), “o Atego traz um conceito único de flexibilidade, que além de inovar com três opções de cabinas: standard, estendida e leito, oferece quatro variações de entreeixos, permitindo ao transportador escolher o melhor produto para sua aplicação.”

Os novos caminhões podem receber os mais variados tipos de implementos disponíveis do mercado, sendo os principais baú de alumínio, carroçaria aberta de madeira, furgão frigorífico, “sider” e carroçarias de bebidas, além daqueles para atender aplicações específicas como tanque de combustível, tanque de água, báscula poliguindaste e baú romeu-e-julieta.

Suas principais aplicações são transporte de bebidas; eletrodomésticos; móveis; cerealistas; operadores logísticos; hortifrutigranjeiros; frigoríficos; distribuidoras de água; produtos químicos; material de construção; empresas operadoras na coleta de lixo e entulho; serviços gerais do transporte nas prefeituras; além dos autônomos.

Com a chegada dos caminhões Atego, a marca M-Benz está introduzindo um produto atualizado, em paridade com a qualidade encontrada nos veículos europeus e capaz de atender qualquer necessidade exigida pelo mercado, comentou Bortoloto.