A Land Rover revelou a 3.ª geração do Discovery, apresentada na última quarta-feira (dia 7 de abril), no Salão de Nova York, Estados Unidos.

O todo-terreno conta com as linhas mais recentes da marca inglesa, além de possuir tecnologias apresentadas pelo protótipo Range Stormer e três potentes opções de motor.

A montadora promete um comportamento em estrada exemplar e um desempenho “off-road” que deverá ser a referência do segmento.

Na carroceria se manteve “degrau” no teto, ainda que agora de uma forma menos pronunciada e na traseira a porta conta com um vidro de abertura independente. O habitáculo tem capacidade para levar cinco passageiros e opcionalmente está disponível uma terceira fila de bancos, aumentando a capacidade para sete ocupantes.

O Discovery 3 apresenta um dispositivo montado primeiramente no conceito Stormer, o qual recebeu a designação de Terrain Response System. Este permite ao motorista adaptar o seu estilo de condução e a resposta do jipe às condições do percurso. São cinco as escolhas possíveis.

A primeira está pensada em circunstâncias normais de estrada, a segunda para neve, ficando as outras três destinadas para a lama, para areia e solos rochosos.

O motor da versão “top” de linha Discovery terceira geração é o 4.4l V8 a gasolina, já utilizado em modelos da Jaguar. Ele substitui o antigo 4.2l. Além deste, também serão utilizados os propulsores 4.0l V6 e 2.7l V6, este último alimentado a diesel.

De série nas versões a gasolina, o câmbio é automático de seis velocidades. Na opção a diesel, a transmissão é manual, também com seis velocidades. O Land Rover Discovery 3 começará a ser comercializado nas concessionárias européias até o fim do ano.