A Ford aproveita o salão de Nova Iorque, aberto na quinta-feira, para lançar uma versão ainda mais nervosa do seu esportivo “musculoso”, o Mustang Shelby 1000. Com 1.115 cv de potência, o modelo celebra os 50 anos de lançamento do primeiro Shelby Cobra, permanecendo fiel às suas raízes. O time da Shelby American usou como base o motor V8 5.4 de 659 cv do atual Mustang GT500, do qual foi aproveitado praticamente só o bloco. Produzido em edição limitada, o Shelby 1000 terá duas versões, uma homologada para andar nas ruas, com 963 cv, e a outra exclusiva para competição, com potência de 1.115 cv. Os seus preços variam de US$150 mil a US$200 mil.