Após lançar o repaginado Celer, primeiro modelo chinês feito no Brasil, a Chery agora anuncia as vendas da segunda geração do QQ. O hatch subcompacto já está nas concessionárias com o visual redesenhado, por dentro e por fora. O modelo ainda chega importado até iniciar a produção na fábrica de Jacareí (SP), no segundo semestre
deste ano.

O New QQ, apresentado no Salão de São Paulo 2014, é oferecido em duas versões. A de entrada Look tem preço sugerido de R$ 31.990. De série é equipado com direção hidráulica, ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros, painel digital que mescla iluminações laranja e branca, computador de bordo, som com USB, além dos obrigatórios freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem) e airbag duplo.

A mais completa Act sai por R$33.990 e agrega sensor de ré, rodas de liga leve aro 14, ajuste elétrico dos faróis, alarme antifurto, vidros elétricos traseiros, retrovisores com ajuste elétrico e rádio com MP3 e CD Player. Ambas disponíveis nas cores preto, branco, vermelho, prata marrom e branco pérola. Os preços estão até R$ 8.400 mais caro do que o antecessor.
O motor é o mesmo 1.0 de três cilindros e 69 cv, associado ao câmbio de 5 marchas, já usado pela geração anterior.

Visual

O desenho da New QQ faz referências ao modelo anterior, porém com um ar mais moderno. Os faróis redondos ficaram mais espichados e lembram bastante os do antigo March; a dianteira traz o formato de um sorriso na junção do capô com a pequena grade frontal.

Na parte traseira, o destaque é o vidro panorâmico na tampa do porta-malas e as lanternas e as luzes de freio localizadas na parte superior. Os bancos traseiros podem ainda ser totalmente rebatidos, fazendo com que a capacidade do porta-malas chegue a 636 litros.