Está chegando às concessionárias, totalmente remodelada, a nova Honda CBR 1000RR Fireblade 2008, com novo “design”, mais compacta, mais leve, mais baixa, mais potente, mais fácil de pilotar e mais segura.

A nova esportiva, importada do Japão, será comercializada a partir de agosto, pelo preço de US$ 31.980 (cerca de R$ 53 mil, com o dólar a 1,65).

A nova CBR 1000RR chama a atenção pelo “design”, principalmente do conjunto frontal de formas aerodinâmicas e ângulo mais vertical.

Destaque para os grafismos com emblema tridimensional no tanque, herança do modelo RC211V da MotoGP, além das faixas que integram o tanque e carenagem.

Seu desenho é baseado no conceito “Ultra Light Strong Form”, uma combinação perfeita entre formas mais compactas, aliada a redução de peso nas extremidades.

Inspirada na MotoGP (RC 212V), a moto possui concentração de peso próximo do centro de gravidade com redução de massa nas extremidades, resultando num comportamento ágil, preciso, além de pilotagem esportiva.

O modelo, equipado com injeção eletrônica e motor DOHC (Double Over Head Camshaft) de 178,1 cv, estreou com vitória no Campeonato Brasileiro de Motociclismo, na etapa disputada em Campo Grande (MT), pilotada por Gilson Scundeler.

Por estar mais compacta, baixa e mais leve, deverá conquistar um maior número de adeptos, que deixavam de comprá-la por conta do tamanho e peso.

Outro detalhe: a carenagem do tanque de combustível (cuja capacidade é de 17,7 litros) está mais robusta e com melhor encaixe para as pernas do piloto.

O painel de instrumentos está mais completo. Destaque para o “Shift Light”, que mostra quando é necessário trocar de marcha, e o computador de bordo, quantos quilômetros o motociclista pode percorrer com o combustível na reserva.

É possível fazer a leitura do hodômetro total e parcial, tacômetro, indicador de temperatura do motor, indicadores de reserva e direção, relógio e H.I.S.S. (Honda Ignition Security System). Conta ainda com botões de ajustes para o hodômetro e Shift Light.

Mais compacta, sua lanterna traseira possui dupla fileira de luzes em LED, que permite distribuição adequada do brilho da luz emitida, resultando em perfeita sinalização e visualização em diferentes situações, tais como neblina, direção noturna ou mesmo durante o dia.

Uma das maiores novidades está em suas dimensões, que foram alteradas e colaboram para a maior estabilidade e dirigibilidade da motocicleta. A relação entre comprimento x largura x altura é de 2.080 mm x 685 mm x 1130 mm. Além disso, a distância entre eixos aumentou em 10 mm e ficou com 1.410 mm. O assento está mais baixo, com 820 mm.