Proprietário da fábrica de superesportivos que leva seu nome, Horácio Pagani (argentino radicado na Itália) é daqueles que apreciam modelos exclusivos e limitados. Depois de lançar o Zonda Cinque, versão especial do seu supercarro restrita a apenas cinco unidades, a Pagani acaba de apresentar a nova variante conversível Cinque Roadster.

Assim como o cupê, o Zonda Cinque Roadster tem sua produção limitada a cinco unidades apenas. Quase idêntico ao Zonda R, seu chassi de fibra de carbono e titânio foi modificado para acomodar a capota removível na frente do veículo. Suas rodas de 19 e 20 polegadas são de magnésio e alumínio, e usam pneus Pirelli P-Zero 255/35/19 na dianteira e 335/30/20 na traseira.

Sob o capô traseiro, o Zonda Cinque Roadster modelo esconde um motor V12 AMG de 7.3 litros, capaz de entregar 687 cavalos de potência máxima e torque de 79,5 kgfm. Esse motor está acoplado a um cambio sequencial de seis velocidades.

O conjunto leva o carro da inércia aos 100 km/h em 3,4 segundos. Sua velocidade máxima é de 350 km/h. Para levar um dos cinco modelos produzidos para sua garagem, será necessário retirar de sua conta bancária, nada menos que 1,3 milhões de euros (cerca de R$ 3,5 milhões).