Emerson Duda (à frente)
é destaque entre os paranaenses.

Mais uma vez, a Pick-up Racing larga na frente e lança uma novidade no automobilismo nacional, na etapa que acontece neste domingo (1.º/6), no Autódromo de Tarumã, próximo a Porto Alegre. No Grande Prêmio Sulgás, válido pela 2.ª etapa da Copa BR Petrobras Pick-up Racing, os pilotos terão um motivo a mais para chegar na frente. Numa idéia “importada” das competições americanas, os organizadores vão instituir um prêmio de contingência.

A premiação, muito comum em categorias dos Estados Unidos, como a Nascar, consiste em dar dinheiro para a equipe que se adequar às normas propostas pelo patrocinador, que neste caso será a MAT, fornecedora oficial de cilindros para Gás Natural Veicular da categoria – a primeira do mundo a usar este tipo de combustível nas pistas.

Para participar do Prêmio de Contingência MAT, a equipe deverá colocar, a partir dos treinos de sábado, 3 adesivos de 40 cm x 40 cm nas laterais e traseiras dos carros e um bordado de 10 cm x 10 cm no peito do macacão do piloto. Na corrida de domingo, os três primeiros que cruzarem a linha de chegada, respeitando as exigências, serão os vencedores.

A MAT instituiu um prêmio de R$ 1.000,00 para o primeiro colocado, R$ 700,00 para o segundo e de R$ 500,00 para o terceiro. Porém, a classificação do Prêmio de Contingência não interfere no resultado da etapa, já que o vencedor da prova pode não estar participando da competição paralela.

A Pick-up Racing já distribui normalmente prêmios para os vencedores. Pela conquista do título de 2002, o campeão João Campos recebeu um Palio zero-quilômetro. Emerson Duda e Nelson Bazzo, segundo e terceiro colocados, respectivamente, receberam uma moto Yamaha, em solenidade realizada no Bar Racing Café, em Curitiba.

Classificação

Com uma etapa realizada, a classificação da Copa BR Petrobras Pick-up Racing 2003 é a seguinte: 1.º) João Campos (RS), 20 pontos; 2.º) Nelson Bazzo (RS) 15; 3.º) Emerson Duda (PR), 12; 4.º) Edson Thomé (SP), 10; 5.º) Alessandro Da Cas (RJ), 8; 6.º) Maria Christina Moreira (PR), 6; 7.º) Kau Machado (PR), 4; 8.º) Neca Bueno (PR), 3; 9.º) Toninho Espolador (PR), 2; 10.º) Flávio Marcílio (SP), com 1 ponto ganho.