ja833270706.jpgPela primeira vez, o Porsche Targa estará disponível exclusivamente com tração permanente nas quatro rodas. A partir de novembro de 2006, a Dr. Ing. h.c. Porsche AG passará a oferecer o Porsche 911 Targa da geração "997". Isso significa que a carroceria seguirá as dimensões dos 911 Carrera 4 e 4S, tendo a traseira 44 milímetros mais larga que nas versões com tração traseira.

Como acontecia nos 911 Targa da geração "996", as características marcantes desta versão são o teto de vidro e a janela traseira basculante. O teto de vidro, característica mais visível do Targa 4S, combina harmoniosamente com as linhas do carro e lhe dá personalidade própria. Um friso de acabamento em alumínio anodizado polido acompanha todo o comprimento da moldura do teto de vidro, enfatizando a elegância do carro.

Seu teto de vidro não é apenas um apelo visual: ele proporciona maior claridade e aeração ao interior do Targa. O teto pode ser aberto em apenas 7 segundos, não importando a velocidade do carro, por intermédio de dois motores elétricos. A tampa traseira, apoiada em amortecedores a gás, facilita o acesso ao porta-malas. Este tem 230 litros de capacidade (quando os bancos traseiros estão escamoteados).

ja834270706.jpgA versão Targa 4S, com motor de 3,8 litros e 355 cv, acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e atinge 288 km/h. Graças ao sistema de controle de válvulas VarioCam Plus, o torque é 40,7 kgfm a 4.600 rpm. O câmbio é manual de seis marchas, com curso rápido e preciso.

Opcionalmente, o novo Targa pode receber câmbio Tiptronic S de cinco marchas, que permite condução esportiva e mudanças rápidas por meio das teclas instaladas nos raios do volante. Além do Targa 4S, a Porsche lançará simultaneamente a versão Targa 4. Ela tem as mesmas características de estilo da versão mais potente, mas o motor é de 3,6 litros com 325 cv, que permite velocidade máxima de 280 km/h, aceleração de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos e torque máximo de 37,7 kgfm a 4.250 rpm.

A tração integral é feita por embreagem multidiscos viscosa. Dependendo das condições de dirigibilidade, ela aplica entre 5% e 40% da tração às rodas dianteiras a todo momento. O sistema assegura uma balanceada distribuição de potência nas curvas e melhora a tração, mesmo em pistas molhadas ou com superfície escorregadia. Ao contrário do Targa 4S, que estará disponível para pronta entrega, o Targa 4 será vendido no Brasil somente mediante encomenda.