Cuidar do carro vai além de abastecer com combustível ou deixá-lo uma vez por semana para lavar. Eles merecem mais atenção e dão sinais de quando não estão em pleno funcionamento. De acordo com especialistas, um dos itens que requer atenção constante é o alinhamento do veículo. Um conjunto de fatores que serve para manter o carro na direção correta, e que também é conhecido como balanceamento e geometria.

Segundo o gerente de serviços da oficina Servopa Automóveis, Elcio Bergossi, estes dois itens estão diretamente ligados ao conforto, a segurança e a economia no bolso do motorista. “A falta de geometria no veiculo causa desgaste prematuro nos pneus e instabilidade no veiculo, fazendo com que ele saia da direção. Já os carros sem balanceamento podem sofrer danos no sistema de amortecedores, nos rolamentos e, também, nos pneus”, alerta Bergossi.

A dica do especialista é que os motoristas revisem o alinhamento do veículo a cada 10 mil quilômetros, ou então quando o carro for usado em estradas, passar em alta velocidade por buracos, ou ainda, quando forem efetuadas as trocas ou remoções dos pneus.