A Fiat divulgou semana passada mais novidades para sua linha de veículos. Desta vez, o Siena Tetrafuel foi o escolhido.

A partir de agora, o sedã conta com duas opções (Flex e Auto) a serem escolhidas pelo consumidor, para se adequar ao combustível escolhido. A opção deve ser feita pelo sistema My Car.

Se o motorista escolher rodar com gás natural, ele deve optar pelo modo Auto, que pode utilizar até quatro tipos de combustíveis – álcool hidratado, gasolina brasileira (com 25% de álcool), gasolina pura e GNV (gás natural veicular).

Nesta última opção a central eletrônica do modelo gerencia o tipo de combustível automaticamente, priorizando o uso de GNV, mas pode alternar a qualquer instante para o combustível mais adequado com a necessidade do momento, sem interferência do condutor.

Também recebeu modificação o quadro de instrumentos do modelo. No display digital agora existem duas barras que indicam consumo de combustível: uma mostra o nível do combustível líquido (do lado direito) e a outra, o nível do GNV no tanque (lado esquerdo).

As duas ficam visíveis simultaneamente apenas quando a opção ‘Auto’ está selecionada.

Seu motor continua sendo o 1.4 litro, de quatro cilindros, com 81 cavalos de potência (a 5.500 rpm) e 12,4 kgfm de torque (a 2.250 rpm), ambos com 100% de álcool no tanque. As menores medidas de potência e torque são 68 cv e 10,4 kgfm, respectivamente, com o motor sendo abastecido com GNV.