A Tecnologia Automotiva Catarinense (TAC Motors), montadora brasileira que surgiu em 2004 e atualmente produz o jipe Stark, mudará sua sede, atualmente em Joinville (SC), para a cidade de Sobral, a 238 quilômetros da capital Fortaleza, no Ceará. O anuncio foi feito pelo CEO da marca, Neimar Braga, após ter firmado parceria para com o governo do Estado cearense e com a Prefeitura da cidade.

Informa a fabricante, que o local onde será instalada a linha de montagem do único carro da marca tem 60 mil m², além de um pátio externo com 100 mil m².  Serão investidos cerca de R$ 200 milhões. As operações começam em junho. O intuito dessa mudança é elevar a produção do Stark para 60 unidades mensais e futuramente atingir pico de três mil veículos por ano, além de melhorar a logística da empresa e estar mais próximo de seus maiores compradores.

Serão gerados 500 empregos diretos e 700 indiretos na região e, além da versão “civil” do utilitário, sairá de lá o IRV, variante militar do jipe destinado ao uso das forças armadas brasileiras. O Stark IRV, versão final do seu modelo de veículo especial de inteligência, vigilância e reconhecimento, é desenvolvido em parceria com a israelense IAI Elta, líder mundial na criação e produção de sistemas de defesa, informa Braga.

De acordo com a TAC Motors, o Stark é um jipe genuinamente brasileiro. O modelo tem 98% dos seus componentes fabricados em solo tupiniquim, incluindo o seu chassi tubular. Parte de suas peças podem ser facilmente encontrados em modelos da Fiat, principalmente o motor, o Multijet 2.3 16V movido a diesel e dotado de turbo que gera 127 cv de potência, fabricado em Sete Lagoas, MG, que também equipa o Ducato e o Iveco Daily.

O modelo possui tração 4×4 com reduzida, suspensão independente de longo curso nas quatro rodas, além de transmissão manual de cinco marchas. Seu principal concorrente é o nacional T4, fabricado pela Troller, empresa brasileira, sediada também no Ceará e que foi adquirida pelo grupo Ford em 2007.

“Com essa mudança ficaremos muito próximos dos nossos mercados consumidores que são o Nordeste e o Centro-oeste. Além disso, a idéia para a nova fábrica é aumentar a produção gradativamente para chegar à meta do projeto de 3 mil carros ano, ao final do quinto ano”, concluiu Neimar Braga. A companhia ainda ocupa espaço dentro do Perini Business Park, em Joinville (SC).