William Bueno ao lado do
caminhão da Transportadora TC.

Com a constante queda nos preços dos fretes e o aumento no do óleo diesel, transportadoras e caminhoneiros paranaenses estão buscando novas alternativas para baixar seus gastos. Foi pensando nisso, que o empresário William Keite Cunha Bueno, diretor administrativo da Transportadora TC (Transportes Cooperados), passou a testar o Krefter, remetalizador e energizador de motor, e o Torkler, aditivo para óleo diesel, que gera economia de 3 a 5% no combustível.

Produzidos pela Organoquímica, empresa paranaense estabelecida em Pinhais, na grande Curitiba, o Krefter é um restaurador à base de metais não radioativos, que por processo exclusivo, são reduzidos ao mínimo tamanho da matéria (o átomo), para restaurar pequenas fissuras em motores quatro tempos. Já o Torkler é um aditivo para óleo diesel, que melhora a combustão, neutraliza o excesso de enxofre, diminui a poluição por fumaça, além de aumentar a vida útil dos bicos injetores.

A Transportadora TC realizou o teste em dois caminhões. O primeiro, um MB 1935, com bomba injetora, de tanque limpo e utilizando o Torkler e o Krefter, fez uma viagem de 6.633 km, Curitiba (PR) – Imperatriz (MA) – Curitiba. “Além da economia, o caminhão melhorou o rendimento. Nas subidas, deixou de pedir uma marcha”, disse o motorista Jean Carlo Cordeiro. Outro fator importante, é que antes da viagem a taxa de compressão do motor era de 22.000, e na volta era de 23.400.

O segundo caminhão foi um MB 1938, com motor eletrônico, que realizou a viagem Curitiba (PR) – Fortaleza (CE) – Curitiba (PR), num total de 6.314 km, utilizando somente o Krefter. “Na viagem anterior, no mesmo trajeto, meu caminhão fez a média de 1.84 km/l. Agora com o Krefter, conseguimos média de 2.07 km/l, gerando economia em torno de 13%, cerca de R$ 582,00 na viagem”, declarou o motorista Luís César Schulbert.

“O produto surpreendeu, porque não foi feito nada de especial, somente a troca de óleo e colocamos o Krefter. O total gasto com o Krefter, não chega a 10% do valor economizado com os caminhões nas duas viagens. Além da economia e ganho em desempenho, poluímos menos o meio ambiente. Tanto o Krefter quanto o Torkler, serão indispensáveis em nossos caminhões e de nossos cooperados”, concluiu William Bueno, da Transportadora TC.