Para surpresa de muitos, a Volkswagen escolheu o North American International Auto Show em Detroit (Naias), deste ano para mostrar como conceito o pequeno carro esporte denominado Blue Sport, equipado com motor diesel, que muitos especialistas consideram como um dos mais avançados de nosso tempo.

Considerado por muitos uma solução para reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2), esse motor a diesel foi escolhido pela Volkswagen para uma finalidade pouco usual: impulsionar um pequeno carro esporte, o BlueSport, que exibe em Detroit. O capô dianteiro e o traseiro são feitos de alumínio, e 27 kg pesa sua capota de lona.

É o primeiro “roadster” (pelo menos até onde alcança a nossa memória) da Volks, e quanto à carroceria conversível ele pode, um dia, vir a fazer dupla com o Eos, de quatro lugares, prometido para chegar por aqui este ano.

O “roadster” de tração traseira tem motor central turbodiesel de 180 cv traz catalisador para óxidos de nitrogênio (NOx), recurso similar ao Bluetec da Mercedes-Benz.

De acordo com a VW o BlueSport leva 6,6 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h, com ajuda do eficiente câmbio manual automatizado DSG de seis marchas e duas embreagens, e máxima de 226 km/h.

O motor tem sistema de parada e partida automáticas, quando o carro permanece imóvel no trânsito, e os freios regenerativos recarregam a bateria para permitir um alternador de menor capacidade. A Volkswagen garante que, se o “roadster” ganhar mesmo as ruas, terá um consumo de 23 km/l.