Novo Nissan X-Trail que as concessionárias da marca passarão a comercializar no inicio de setembro, apresentado sexta-feira passada a imprensa especializada (22/8), em Curitiba, combina linhas modernas com o estilo robusto que o tornou conhecido mundialmente.

Importado do Japão, a versão 2009 chega repleta de novidades no design, na motorização, na transmissão, no tamanho e nos preços.

O novo SUV será oferecido em duas versões, ambas com tração 4×4: SE, com preço sugerido de R$ 94.990,00 e a topo de linha LE, por R$ 102.590. “O X-Trail representa um novo momento para a Nissan. Isso porque vai reafirmar a nossa tradição com veículos 4×4”, disse Thomas Besson, presidente da Nissan Brasil durante a apresentação.

O X-Trail 2009 ganhou novo design, bem mais robusto. Na dianteira, destaque para a grade em forma de V, seguindo outros modelos da marca. Chamam à atenção, ainda, as barras no teto com faróis integrados (só podem ser acionadas em conjunto com o faról alto), o teto solar panorâmico na versão Top, e as rodas de liga leve de 16 polegadas. Além do novo design, o X-Trail cresceu.

A nova carroceria mede 4,63 metros de comprimento (175 mm a mais), 2,63 metros de distância entre – eixos (5mm a mais), 1,77 metros de altura (95 mm a mais) e 1,78 metros de largura (20 mm a mais).

Entre os principais equipamentos oferecidos de série no modelo destacam-se ar-condicionado automático, “airbags” frontais, freios com ABS e EBD, trio elétrico, e piloto automático.

A versão LE traz ainda faróis de neblina, teto solar panorâmico, MP3 player, para seis discos, “airbags” tipo cortina, bancos revestidos de couro e bancos dianteiros com ajustes elétricos e aquecimento.

Tem ainda direção elétrica com assistência variável, rack de teto com faróis integrados, porta-malas com partes laváveis que possibilita diversas configurações de uso e um amplo teto solar. O veículo chega em duas versões de acabamento. A de entrada SE custa R$ 94.990, enquanto a top de linha LE sai por R$ 102.590.

Debaixo do capô, mais novidades: no lugar do motor de 2.5 litros, um 2.0 16V utilizado no Sentra, porém calibrado com potência de 138 cv a 5.200 rpm e 20,2 mkgf de torque máximo a 2.400 rpm.

De acordo com a Nissan, 90% do torque está disponível até 2.400 rpm. Segundo a Nissan, a velocidade máxima é de 172 km/h e a aceleração de 0 a 100 km/h é de 8,6 segundos.

Outra novidade está no câmbio automático XTronic CVT com modo Sport e também na tração 4×4 All-Mode, aprimorada em relação a anterior. A Nissan espera comercializar 100 unidades por mês até o fim deste ano.