São Paulo – O diretor de Política Monetária do BC, Rodrigo Azevedo, fez coro às afirmações do secretário do Tesouro Nacional, Joaquim Levy, confirmando há pouco que existe uma discussão no governo sobre o tratamento tributário diferenciado para o investidor estrangeiro no mercado doméstico. "Como o secretário afirmou, esta é uma questão relevante, que está sendo discutida e na qual estamos caminhando", afirmou Azevedo, em rápida entrevista à Agência Estado, reiterando que, na equipe econômica, quem está liderando tais discussões é o Tesouro Nacional.

Questionado se a Receita Federal seria um dos setores do governo que estariam "sensibilizados" para um tratamento tributário diferenciado, Azevedo respondeu apenas que "a Receita é um elo importante deste processo", mas afirmou não ter conhecimento sobre a posição da Receita. "Quem está liderando essa discussão é o Tesouro", reafirmou o diretor do BC.