A Secretaria do Meio Ambiente divulgou nesta quarta-feira (01) o penúltimo boletim de balneabilidade produzido pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP). Os resultados desta semana indicam oito pontos próprios para banho: um em Paranaguá, quatro em Pontal do Paraná, um em Matinhos e dois em Guaratuba.

O presidente do IAP, Rasca Rodrigues, lembrou que um dos fatores que podem prejudicar a balneabilidade é a presença de fossas irregulares, que chegam a transbordar devido ao mau uso associado a chuvas fortes. ?Nesta época, casas com fossa para atender uma família de cinco pessoas comportam mais dez convidados, saturando o sistema e direcionando o que estava retido nas fossas para o mar?, explicou Rasca.

?Todo investimento no Litoral deve ser pensado para o fluxo de maior número de pessoas e isso serve para o Poder Público Estadual, para a iniciativa privada e para sociedade. Portanto, a fossa ideal é aquela que suporta os resíduos da população flutuante e não apenas das pessoas pertencentes à família do proprietário?, afirmou Rasca.

A partir desta semana, a orientação dos banhistas será realizada pelos estagiários e também através das placas localizadas nos pontos de coleta. O IAP deixará de montar as barracas diferenciadas que indicam a qualidade da água, devido à diminuição da demanda de visitantes no litoral.

Guaratuba

A prefeitura de Guaratuba divulgou na última semana um boletim alternativo de balneabilidade. Rasca avaliou o trabalho municipal como importante. ?O acompanhamento, pela prefeitura, do trabalho que realizamos é fundamental. Mas a comparação de resultados só poderá ser feita quando forem obtidos utilizando a mesma metodologia, determinada pela legislação ? que estabelece a necessidade de cinco coletas, em cinco semanas, para publicação dos resultados?, destacou.