No Paraná , a greve dos bancários, que tem a adesão de 40% da categoria, atingindo principalmente agências de Curitiba e região metropolitana, deve contar hoje com o reforço das cidades do interior. Em assembléia realizada ontem (20) à noite, os bancários de Londrina, no norte do Paraná, decidiram aderir ao movimento e programaram para hoje piquetes em frente às agências, para impedir a abertura e a entrada de funcionários contrários à paralisação.

Conforme balanço do Sindicato dos Bancários de Curitiba, 110 agências estão fechadas na capital e cidades da região metropolitana, totalizando 3.500 bancários parados. Todas as agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal estão fechadas. Além dos bancos públicos, alguns funcionários de bancos particulares também pararam. São 600 funcionários do Centro de Serviços do HSBC e funcionários dos bancos Itaú, Santander, Safra, Unibanco, Bradesco e Real.