O Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal vão descontar no salário dos bancários de outubro cinco dias referentes à greve iniciada em setembro. De acordo com o BB, não há decisão ainda sobre os demais dias parados (30 no total).

A Caixa Econômica Federal informa que vai aguardar a decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que julgará o dissídio coletivo na próxima quinta-feira, para tomar nova decisão a respeito do desconto dos dias parados. Os bancários voltaram ao trabalho hoje pela manhã e os dois bancos oficiais informam que o atendimento ao público está normal em suas agências.