Brasília – Presidentes dos cinco bancos públicos participaram hoje (28) de reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para apresentação de um balanço da oferta de crédito das instituições no primeiro semestre.

Ao sair da reunião, a presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Coelho, disse que o banco deve fechar o primeiro semestre com R$ 6,1 bilhões em crédito habitacional. Segundo Maria Fernanda, esse valor representa crescimento de 100%, quando comparado com o mesmo período do ano anterior. "O aumento é fruto das medidas institucionais que o governo tomou no ano passado, da segurança que o cliente hoje tem de operar com crédito habitacional", afirmou.

O Banco do Nordeste deve ter aumento de 50% no crédito concedido, tanto em volume de contratação quanto em valor contratado, informou o presidente da instituição, Roberto Smith. O número se refere aos primeiros cinco meses de 2006 em relação ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com Smith, a meta para o financiamento da safra agrícola do banco também deve ser superada. "Temos uma meta para este ano safra, que se encerra agora no final do mês, de R$ 980 milhões e vamos chegar a R$ 1,3 bilhão aplicados", disse ele.

Os presidentes do Banco do Nordeste, Banco da Amazônia, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) devem entregar relatórios com seus resultados ao ministro Mantega até o início do próximo mês. A informação foi dada por Roberto Smith, do Banco do Nordeste.

Relatório divulgado no dia 26 deste mês pelo Banco Central mostra que, nos últimos 12 anos, os empréstimos no país cresceram 22%.