Para Rubens Barrichello, o título da temporada 2006 da Fórmula 1 já está decidido. Ele acredita que o alemão Michael Schumacher não tem chances de reverter a vantagem do espanhol Fernando Alonso no GP do Brasil, domingo, em Interlagos.

"O campeonato está praticamente encerrado. É difícil que a coisa (título) possa voltar para Schumacher", admitiu Rubinho, durante uma entrevista coletiva nesta quarta-feira (18), em São Paulo, ao lado do seu companheiro na Honda, o inglês Jenson Button.

Atualmente, Alonso soma 126 pontos no campeonato, com 10 a mais do que Schumacher, faltando apenas uma prova para acabar a temporada: justamente o GP do Brasil.

Sobre a corrida de domingo, Rubinho revelou seu sonho de conquistar uma vitória no Brasil. "Será um fim de semana muito importante para mim. É difícil ganhar, mas não impossível", disse o piloto brasileiro, revelando que a prova em Interlagos será muito complicada, principalmente por causa da possibilidade de chuva.

Apesar do sonho de vitória no GP do Brasil, Rubinho reconheceu que teve um desempenho irregular na temporada, a sua primeira na Honda. Afinal, seu melhor resultado foi um quarto lugar – conseguiu essa posição duas vezes no ano. Com isso, soma 28 pontos, em 7º lugar no Mundial de Pilotos.