John Macdougall/AFP

A lenda do futebol alemão Franz Beckenbauer considerou à imprensa de seu país nesta sexta-feira que uma vitória da seleção de futebol alemã pelas quartas de final da Copa do Mundo, contra a Argentina, abrirá caminho para o quarto título da equipe europeia.

“Esta partida contra a Argentina será de longe a mais difícil para nossa equipe neste torneio”, reconheceu Beckenbauer, que escreveu para o jornal Bild.

“Mas se sairmos vencedores desta partida, o sonho de um título mundial poderá se tornar realidade”, acrescentou, referindo-se ao confronto de sábado no estádio Green Point da Cidade do Cabo (11h00 de Brasília).

A Alemanha, país campeão mundial em 1954, 1974 e 1990, joga no sábado contra a Argentina, uma seleção que já enfrentou nas quartas de final da Copa do Mundo de 2006, quando os alemães venceram na disputa de pênaltis (1-1 após a prorrogação, 4-2 nos pênaltis).

O ‘Kaiser’ acredita que na partida contra a ‘Alviceleste’ “será preciso se preparar de novo para a prorrogação”.

Sobre Schweinsteiger, que criticou recentemente o comportamento dos argentinos, Beckenbauer considerou que seus comentários “talvez não foram inteligentes”.

O bicampeão mundial (como jogador em 1974 e como treinador de 1990) se mostrou surpreso com as críticas constantes recebidas pelo técnico da Argentina, Diego Maradona.

“Não podemos subestimá-lo. Era um jogador excepcional e ninguém pode dar lições a ele em matéria de futebol. Além disso, seus jogadores são capazes de pôr a mão no fogo por ele”, ressaltou Beckenbauer.