Foto por: Gabriel Bouys

A lenda do futebol alemão, Franz Beckenbauer, criticou este sábado, na imprensa, a decisão dos jogadores e do corpo técnico da seleção alemã, de não passar por Berlim após o desembarque em Frankfurt, destino do voo procedente da África do Sul, para receber a homenagem dos torcedores.

“É uma decisão ruim. Desta vez o entusiasmo é enorme. Poderiam ter se sacrificado algumas horas para agradecer a torcida”, lamentou o ‘Kaiser’ em declarações ao jornal popular Bild.

Os jogadores alemães, que disputam este sábado contra o Uruguai a terceira posição do Mundial, em Port Elizabeth (15H30 de Brasília), deixarão a África do Sul no domingo e não terão mais compromissos com a seleção após sua chegada a Frankfurt, na segunda.

Depois da disputa do terceiro lugar no Mundial de 2006 e da final, na Eurocopa de 2008, os alemães invadiram Berlim, onde milhares de torcedores aguardavam em uma recepção triunfal.

“O objetivo desta equipe era mais elevado que jogar a partida pela terceira posição”, explicou, esta semana, o capitão da ‘Mannschaft’, Philipp Lahm.