O Primeiro-ministro italiano e acionista do Milan, Silvio Berlusconi, declarou nesta terça-feira que as portas de seu clube estão abertas para receber o atacante Ronaldo, do Real Madrid. "Quem não gostaria de tê-lo? Apesar de o Milan contar com quatro excelentes atacantes, qual a equipe que se negaria a ter Ronaldo?", comentou Berlusconi em entrevista a um canal de televisão da Itália.

Berlusconi também afirmou que a chegada do brasileiro poderia provocar mudanças no elenco do clube italiano. "É preciso lembrar que eventuais chegadas podem obrigar o Milan a ter de revisar todos os contratos de seus atletas", contou o Primeiro-ministro, que durante a entrevista chegou a mencionar um certo interesse em Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona.

Sobre a contratação de um novo treinador para o Milan, Berlusconi declarou estar feliz com Carlo Ancelotti. "Nunca pensei em demiti-lo, pois respeitamos os contratos. Além disso, é um técnico que aprecio e uma pessoa a qual desejo o melhor", revelou o italiano, que não descartou a possibilidade de voltar à presidência do Milan após deixar o governo.