Brasília – O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, negou hoje (15) que a falta de repasse de recursos federais seja a causa de problemas de segurança pública, como os que estão ocorrendo nos últimos dias no estado de São Paulo.

Segundo o ministro, ao contrário, no período 2004-2005, o governo aumentou em 23% as transferências a estados e municípios. "O governo tem feito a sua parte. É evidente que o caso de São Paulo envolve recursos e envolve gestão, administração da questão da segurança pública", afirmou.

Paulo Bernardo lembrou que o governo federal já ofereceu tropas federais e "está à disposição para ajudar o governo de São Paulo a restabelecer a ordem". Ele afirmou que está aberto para discutir, com o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, a necessidade de liberar verbas emergenciais para atender as necessidades da área.

O ministro falou aos jornalistas na saída da cerimônia de posse do novo presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Luiz Henrique Proença Soares.